Três colaboradores da autarquia vianense fazem rastreios epidemiológicos

Três funcionários da Câmara Municipal de Viana do Castelo, depois de formados na Administração Regional de Saúde Norte, efetuou rastreios epidemiológicos no concelho de Viana do Castelo. A equipa já cessou funções devido “à redução drástica do número de casos diários de infeção”, mas estava desde janeiro a contribuir para a interrupção das cadeias de transmissão.

Desde janeiro que, diariamente, três colaboradores da autarquia faziam este trabalho de forma a controlar a situação epidemiológica no concelho, no esforço de interromper precocemente as cadeias de transmissão de COVID 19 no território de Viana do Castelo.

Quando iniciou funções, existiam 2500 questionários diários em atraso e, graças a este rastreio colaborativo, o número está agora controlado, assim como toda a situação, com o número de infetados a descer significativamente e a colocar Viana do Castelo num patamar inferior ao que esteve nas últimas semanas.

Numa missiva, a ARS Norte já agradeceu ao Município e aos colaboradores a “excelente articulação”, sendo que “o enorme empenho dos profissionais permitiu o controlo da situação”.

Item adicionado ao carrinho.
0 itens - 0.00

Ainda não é assinante?

Ao tornar-se assinante está a fortalecer a imprensa regional, garantindo a sua
independência.