O médico é humano…

Nunabre
Nunabre

A profissão de um Médico é tão difícil quanto nobre e solidária! A sua missão assemelha-se a um combate sem armas, numa arena heterogénea onde os contendores são o Médico e o Mal do enfermo…

De um lado, a Ciência e o Bem; o Mal e a sua Vítima, do outro…

Médico é símbolo da Esperança, do Remédio, da Cura…!

Enfermo ou Doente-sofredor é símbolo de Fraqueza, de Ignorância, de Dependência, de Ansiedade…!

Médico e Doente constituem uma dupla realidade, com deveres e direitos, respeitáveis e inalienáveis… Os dois atores do drama, no palco-da-vida, nada fingem e ambos sofrem…! O Doente sente-se naufragar… O Médico, qual salva-vidas, com saber e compaixão, enfrenta as ondas traiçoeiras, faz quanto sabe e pode para salvar o náufrago…! Às vezes, é fácil…! Outras vezes, porém, e porque “não há doenças, há doentes”, surgem desalentos, surpresas, frustrações de negativismo e incapacidade…!

A Medicina não é uma Ciência exata e o Ser-humano tem reações contraditórias, em circunstâncias que parecem iguais…!

Uma coisa é certa: Médico e Doente são ambos seres-humanos… Ambos sofrem, no prélio entre Saúde e doenças… Um e outro pagam tributo ao Sofrimento pelo menos moral, bem como ambos partilham da alegria quando há vitória…!

Como dissera Alguém: “O melhor cirurgião é aquele que tem mãos de fada, olho de lince, coração de leão”… Há doentes e familiares que choram implorando quase milagres ao Médico…! Este, por sua vez, também de carne e osso como aqueles, por vezes nem consegue disfarçar que também chora…!

Parabéns a doentes e clínicos, quando irmanados na luta sabem demonstrar que são humanos…!

Outras Opiniões

Os leitores são a força e a vida do nosso jornal Assine A Aurora do Lima

O contributo da A Aurora do Lima para a vida democrática e cívica da região reside na força da relação com os seus leitores.

Item adicionado ao carrinho.
0 itens - 0.00

Ainda não é assinante?

Ao tornar-se assinante está a fortalecer a imprensa regional, garantindo a sua
independência.